Bons resultados e estratégias que funcionam merecem ser comemorados, não é mesmo? É por isso que hoje eu vim compartilhar com você a história da minha aluna Cláudia, que eliminou 20 MIL REAIS em Estoque ParadoSem precisar dar desconto!

Quer saber mais sobre essa história e as estratégias que ela utilizou? Então leia o conteúdo.

O grande problema do estoque parado

Um dos maiores desafios dos lojistas que me procuram envolve a questão de estoque parado. 

Por isso, eu sei, na prática, que essa é uma grande dificuldade.

E a verdade é que o lucro que você tem no seu negócio pode ficar todo no seu estoque, se você não souber como administrá-lo

Mas então: Como acabar com estoque parado no seu negócio?

Bom, o primeiro passo é CONHECER bem o seu estoque. Como eu digo para minhas alunas: você precisa ser a melhor amiga do seu estoque.

Caso contrário, você corre o risco de continuar cometendo erros que, lá na frente, pode comprometer o seu negócio.

E hoje eu estou aqui porque quero compartilhar com você os erros que podem resultar em estoque parado e também estratégias que funcionam, e que foram aplicadas pela Cláudia, que conseguiu eliminar 20 mil reais em estoque parado (sem dar nada de desconto!).

Se você sofre com este problema e também quer saber como acabar com estoque parado do seu negócio, vem comigo.

C. Bavare

A Cláudia é empresária e dona da loja C. Bavare Milano Brasil (@c.bavare), loja de moda feminina localizada em Porto Alegre, mas que está presente no meio online, vendendo para o Brasil todo.

A história de empreendedorismo dela e o desejo de criar a sua própria loja de moda online, começou a partir do momento que foi demitida do serviço, logo após ter tido sua filha.

É comum que muitas empreendedoras sempre tenham tido o desejo de empreender, mas eram empedidas de avançar pelo medo e pela falsa segurança de um emprego de carteira assinada.

Com a Cláudia foi a mesma coisa. Então ela precisou deste “empurrãozinho” para começar o próprio negócio (E viva a demissão, né? rsrs).

E, convenhamos, não tem nada mais motivador que um “não” e também os nossos pequenos (família é tudo!). Fazer o que ama, por quem a gente ama… Uma delícia (e a combinação perfeita)!

Desafios

Começar um negócio sempre envolve desafios: seja o pouco conhecimento sobre o mercado, insegurança, não saber por onde começar, não ter dinheiro para investir…

Com a Cláudia não foi diferente.

Mas, como tudo na vida, a gente pode escolher um lado: se lamentar e ficar vendo o lado ruim, ou tentar fazer o nosso melhor, com o que a gente tem.

Para vocês terem uma ideia da determinação da Cláudia, ela não tinha dinheiro nenhum para investir e começar um negócio. Sabe o que ela fez?

Ela vendeu o carrinho de bebê da filha por R$500. E, com estes R$500, ela começou o negócio dela.

Então, se você é o tipo de pessoa que fica procurando desculpas e encontrando ainda mais desafios no seu caminho, pare agora e pense em soluções para começar. Porque uma coisa é certo: se você realmente quer empreender e ser dona do seu próprio negócio, VOCÊ PODE. E só depende de você!

Estoque parado: os erros que viram bolas de neve

Agora você já conhece um pouquinho da Cláudia e do negócio dela. Mas, antes de avançar e compartilhar com você estratégias de como acabar como estoque parado, eu quero fazer uma parada, para algo igualmente importante…

Quero que você compreenda alguns dos muitos erros que a Cláudia cometeu, mas que muitos outros lojistas também cometem, mesmo sem saber.

Erros que acabam virando uma bola de neve e que começam a criar o terrível problema de peças empacadas no estoque.

Então agora é o momento de fazer uma autoanálise.

Veja abaixo quais são alguns desses erros, busque identificar se comete algum deles no seu negócio e, na sequência, veremos como mudar e acabar de vez com o estoque parado do seu negócio.

Vender “de tudo um pouco”

Muitos lojistas que chegam até mim cometem esse erro: não ter um nicho e um público-alvo bem definido.

Só que isso torna todas as estratégias mais difíceis, afinal, você não sabe exatamente com quem fala (seu público) e, consequentemente, não sabe o tipo de conteúdo certo para gerar interesse e conseguir fazer vendas.

A Cláudia, por exemplo, começou vendendo roupas para meninos e meninas de todas as idades e estilos. Antes de focar em moda feminina, ela vendia de tudo um pouco, para todo mundo.

Só que essa não é a melhor estratégia para nenhum negócio.

No entanto, muitos lojistas optam por esta opção por medo de “abrir mão”: afinal, vender para mulheres significa abrir mão do público masculino.

Mas, se você deseja se destacar mais rapidamente, ser reconhecida e até mesmo se tornar uma referência na sua área de atuação, precisa fazer a sua escolha.

Extra

Eu indico que você venda produtos que atendam uma necessidade específica de um público específico porque as chances de se diferenciar no mercado são maiores. No entanto, a decisão é toda sua…

Se você realmente quiser vender de tudo um pouco, sugiro que crie um perfil comercial mais geral e outro perfil para vender um produto específico, de nicho.

Afinal, se você trabalhar melhor as necessidades específicas do do seu público, ter uma comunicação mais assertiva com a sua audiência e saber exatamente o que buscam, suas chances de sucesso e reconhecimento serão muito maiores.

Não saber comprar

Outro erro (muito comum!) que pode resultar em estoque parado é não saber fazer compras para o seu negócio, do jeito certo.

Veja a situação abaixo e depois analise se você se identifica:

Uma cliente te chama e pede uma peça específica. Então você faz uma compra grande daquela peça, pois acredita que, se uma pessoa quer, outras também vão querer.

Se identificou? Pois esse é um erro.

Você não deve, em hipótese alguma, fazer as compras do seu negócio baseadas em uma única cliente. É preciso fazer compras estratégicas!

Também não compre o que VOCÊ gosta. Pois não é sobre você e sim sobre o seu público (exceto se você é a personificação do seu público, neste caso, seus gostos também poderão ajudar no momento das compras!).

Mas voltando ao caso da cliente, foram situações como essas que fizeram com que Cláudia desse um passo “mais longo que a perna”… E muito errado!

Ao fazer a compra específica que uma cliente tinha pedido, se deparou com um fornecedor onde precisava comprar um número mínimo de 65 PEÇAS.

Resultado: foram 35 mil reais em peças, de maneira nada estratégica.

Como ela mesma já alerta: NÃO FAÇAM ISSO! (nunca, eu acrescentaria rsrs).

Bom, não parou por aí… Desses 35 mil investidos, a Cláudia conseguiu vender apenas 15.

Se você fizer a conta, vai ver que o resultado é assustador e, claro, foi desesperador para ela também: 20 MIL REAIS em ESTOQUE PARADO.

E ela simplesmente não conseguia vender essas peças… Inclusive, um erro que está muito ligado ao erro anterior: que é não ter um nicho e um público bem-definido.

Pois, se você não sabe exatamente quem é o seu público e o que deseja, não saberá fazer as compras estratégias e ter o produto certo para vender às pessoas certas.

Vergonha de vender

Outro erro muito comum é o medo de se expor, de aparecer nos stories e IGTV, de ficar receosa na hora de abordar clientes… Isso pode prejudicar e muito seus resultados!

Por sorte, a Cláudia identificou cedo este erro e, mesmo precisando lutar contra seus medos e desafios, ela sabia que esse era o caminho que precisava seguir.

E, bom, se você quer não apenas saber como acabar com estoque parado, mas sim como ter um negócio de moda de sucesso e altamente lucrativo, lá vai a sugestão: apareça! E conecte-se com a sua audiência!

É mais do que uma marca, um produto… Ter um negócio é sobre pessoas. Entender isso muda tudo!

Como acabar com Estoque Parado: as estratégias utilizadas pela Cláudia

“Conheci a Alê, comecei a consumir os conteúdos gratuitos, que já me ajudavam muito. E falei para o meu marido: eu preciso cmprar o curso dessa mulher, ela é que vai me ajudar a sair dessa situação. Eu sei disso”.

Esse relato acima é da Cláudia. E vocês não imaginam a minha alegria de estar aqui hoje compartilhando essa história com vocês.

É gratificante saber que eu realmente ajudei e contribui para que a Cláudia conseguisse dar a volta por cima no seu negócio.

Hoje, a Cláudia é minha aluna no FashionMidias (conheça o treinamento aqui!) e, segundo ela diz, desde as primeiras aulas já foi transformador!

Logo no início do conteúdo ela já pôde notar todos os erros que cometia e começar a aplicar as estratégias certas e, claro, colher o resultado de toda sua dedicação.

E agora eu estou aqui porque quero compartilhar com você algumas das estratégias que viraram o jogo para a Cláudia, e fizeram com que ela eliminasse de vez todo o seu problema em estoque parado (20 mil em peças) sem precisar sequer dar desconto.

Confiança

Pode parecer meio óbvio e até mesmo simples demais, mas esse é um dos primeiros passos: confiança.

Você precisa confiar no seu negócio. Para ter sucesso e fazer dar certo, essa é sua obrigação!

Durante todo o processo e dificuldades, a Cláudia sempre teve um ponto muito importante: ela nunca duvidou ou deixou de acreditar no seu negócio.

E isso faz toda diferença. A motivação e a energia que você coloca no seu negócio – e em todos os seus planos – faz toda a diferença para que você tenha sucesso.

Um perfil estratégico faz toda a diferença

A forma como você se posiciona nas redes sociais faz toda a diferença para os seus resultados.

Exatamente por isso, há pontos que são de extrema importância na hora de configurar um perfil atrativo e estratégico no Instagram.

Isso envolve: biografia, nome de usuário, link, timeline atrativa…

  • Será que o seu nome de usuário hoje é estratégico? Se eu procurar pelo que você vende na lupa do Instagram, você tem chances de aparecer para mim? (há palavra-chave no seu nome de usuário?)
  • Sua descrição deixa claro, logo de cara, o que e para quem você vende? Se entrega em todo brasil? Horário de funcionamento? Contato? Como comprar de você?
  • Suas fotos chamam a atenção do seu público? São de qualidade? Demonstram os detalhes e possíveis combinações de peças?

Agora é hora de avaliar cada um destes pontos e começar a fazer melhorias no seu perfil, para deixá-lo estratégico.

Precificação de produto

Você não sabe como precificar corretamente seus produtos e o que levar em consideração (todos os custos inclusos, quem é o seu público e o quanto está disposto a pagar, concorrentes e etc.)?

Deixa eu te contar uma coisinha: se você não souber fazer isso, corre três riscos.

Primeiro: perder pro concorrente (geralmente, acontece quando o seu produto está muito acima do valor de mercado – e não está alinhado com o seu público!);

Segundo: perder vendas, que basicamente é a mesma coisa do primeiro. Mas o fato, em ambos, é: você perde.

Terceiro: você vende, mas fica com um lucro pequeninho, pois não precificou suas peças corretamente. Praticamente, vai estar “vendendo o almoço para pagar a janta”, se é que me entende.

Por isso, a estratégia de precificação é muito importante!

Precificação de produtos: veja aqui dicas para precificar suas peças.

Gestão de Estoque

Para ter um negócio de sucesso, você precisa ter uma boa gestão de estoque, que te possibilite tomar as melhores decisões e escolher as melhores estratégias.

Então coloque como tarefa semanal olhar e acompanhar o seu estoque (sim, isso deve ser feito toda semana!).

Ter essa relação de amplo conhecimento e clareza sobre tudo o que tem em estoque (tanto para saber o que mais sai, quanto para identificar o que menos vende), é fundamental para os seus resultados.

Além disso, antes de fazer qualquer campanha de vendas ou demais ações, ter esses dados vai possibilitar que você tome decisões mais lucrativas.

Visibilidade

Como eu disse anteriormente, a Cláudia, assim como muitas lojistas que me procuram, tinha medo, vergonha e receio de aparecer em frente às câmeras.

Se você também se identifica com esse problema, saiba que é mais comum do que você imagina.

No entanto, você não pode permitir que esses sentimentos travem você. É preciso começar devagarzinho e no seu tempo, a vencer o medo e a vergonha de aparecer.

Quando a Cláudia começou a aparecer nos stories, cada vez mais frequente, isso foi aos poucos mudando seus resultados, criando uma proximidade com suas clientes e também aumentando as vendas.

Afinal, para novos clientes e seguidores, todos seus produtos são novidades. Então mostre todos os seus produtos sempre, o máximo possível. Quem já viu, vai ver de novo. Os que chegarem, verão pela primeira vez.

Não sabe o que mostrar no stories? Lá vão algumas dicas:

  • Mostrar combinações com suas peças;
  • Dê dicas de looks para diferentes ocasiões;
  • Mostre a versatilidade das suas peças (pessoas gostam de fazer compras inteligentes, que podem ser aproveitadas para diferentes ocasiões);
  • Faça “batalha de looks” e peça que suas clientes participem votando (assim você também conhece suas preferências e até mesmo pode abordar aquelas que votarem com uma promoção para adquirir o look específico).

Anotou as dicas? Então agora é hora de seguir adiante. Coloque-as em prática!

Criar conexão com o cliente

A Cláudia descobriu uma coisa importante e que fez (e faz) toda a diferença nos seus resultados: é necessário entender e se conectar com as suas clientes.

Apesar de ser mulher e vender para mulher, cada mulher é única. E você precisa ter total entendimento sobre quem são as SUAS CLIENTES!

No caso da Cláudia, quando ela soube ao certo com quem falava e o que queriam, foi possível entregar o conteúdo certo, as peças certas, as combinações e promoções certas… Para as PESSOAS CERTAS!

Só que isso envolve muito trabalho e dedicação, é claro. Não é do dia para a noite.

Por isso, é preciso estudar muito e estar sempre de olho no SEU público, para saber o que querem, o que buscam e quais são as novidades que você pode trazer para eles.

Quando você não tem clareza do seu público-alvo, comete muitos erros que provavelmente desconhece, mas que impactam diretamente nos resultados e vendas do seu negócio.

Então, se hoje você não está vendendo ou está com estoque parado, pare e pense: você sabe realmente quem são suas clientes e o que elas querem?

Fica a importante reflexão para fazer HOJE sobre o seu negócio!

Análise do perfil individual do cliente

Outra estratégia incrível que a Cláudia aplicou e deu super certo, foi fazer um trabalho de identificação individual de cada cliente, cruzando dados importantes de compra: tipo de produto comprado, numerações, etc.

Assim, ela conseguiu criar um perfil para cada cliente.

“Mas o que faz com isso, Alê?” Bom, essa é uma informação muito valiosa. Pois foi desta forma que ela conseguiu saber exatamente o que oferecer para cada cliente, facilitando até mesmo uma próxima abordagem e/ou oferta (o mesmo vale para quando chegava novidades).

Assim, além de vender mais, você também tem nas suas mãos dados importantes para colocar em prática técnicas de pós-venda e fidelização de clientes.

Aprender a comprar (deixar de seguir o emocional)

Fazer compras, como eu já disse algumas vezes, é uma das principais funções que você tem no seu negócio. E elas não podem ser feitas de maneira EMOCIONAL, mas sim de maneira racional e estratégica.

É comum que você encontre um fornecedor que queira empurrar para você várias peças “essa é da moda”, “essa sai demais”, “sempre tem gente pedindo essa”… Mas você precisa saber que não é assim que funciona.

É preciso ter plena consciência do que você já tem no seu estoque, do que está parado e das peças que mais vendem, para que você faça uma compra estratégica.

Além disso, outro item especial é: comprar de acordo, única e exclusivamente, com o público do seu negócio.

Afinal, por mais linda que seja aquela saia destroyed, não faz sentido nenhum comprar se o que suas clientes buscam são calças flare ou moda fitness, por exemplo. Concorda?

Então é isso, não se deixe levar pelas emoções, para não acabar correndo o risco de acabar com um grande estoque parado, como aconteceu com a Cláudia.

Ter essa noção será fundamental para que você consiga fazer compras estratégicas e assertivas no seu negócio! Desta forma você terá as peças certas, que o seu público realmente deseja comprar. E é assim que as vendas acontecem.

Nunca focar no problema, mas sim em encontrar a solução

Achar que não tem onde gravar, que tem vergonha de aparecer, se preocupar com o que o outro vai pensar, não ter um lugar para fazer provador…

Se identificou com alguma destas desculpas? (Sim, sinto dizer, mas são desculpas para você não ter sucesso!).

Chega disso, AGORA!

Um ponto super importante para o seu negócio dar certo é FOCAR no que realmente importa e vai trazer RESULTADO.

Então chega de se prender a pensamentos que travam você. O importante é começar e dar o seu melhor.

Não tem lugar para gravar ou onde fazer provador? Faça em casa! Organize um cantinho pequeninho ou uma simples parede branca, e faça.

Tem vergonha de gravar? Crie um roteiro, utilize o seu telefone como teleprompter (tem vários apps para celular que fazem isso), mas faça!

Fica com receio do que os outros vão falar? Vão te chamar de”Blogueirinha”? A opinião dos outros diz respeito apenas aos outros. Não deixe que potenciais críticas te paralisem. E tenha orgulho de ser uma blogueirinha sim, principalmente uma blogueirinha que vende muito! rsrs

Faça sempre o melhor que pode, com o que tem. Mas faça!

10 Passos para acabar com o seu Estoque Parado sem dar desconto

Eu desenvolvi um treinamento onde ensino ensina o caminho para você acabar com o problema do seu estoque parado.

São 10 passos para resolver o problema do estoque parado de uma vez por todasGaranta já a sua vaga e não fique de fora por nada nesse mundo.

Ter estoque parado é um dos maiores problemas de quem vende moda e com essa aula você aprenderá estratégias para parar de sofrer com esse mal.

Clique aqui e se inscreva para participar!  

Agora me diga aqui nos comentários da postagem: gostou do conteúdo do artigo? Foi útil para você? Espero que repense as atitudes do seu negócio e não deixe que o estoque parado afete seus resultados!

Até breve!

Leia mais: